Como aumentar sua base de leads para campanhas de mailing

Campanhas de mailing são poderosas para gerar uma base rica de leads. Quando bem segmentados, os conteúdos são ferramentas poderosas que podem gerar até mesmo vendas de maneira instantânea, no clicar de um botão. Contudo, garantir que esse clique aconteça, não é tarefa nada fácil.

É preciso seguir uma série de testes que tragam respostas sobre quais estímulos podem funcionar melhor de acordo com as campanhas e o perfil dos consumidores. Das cores dos botões aos termos utilizados nos Call To Actions, existem atalhos que, quando descoberto, podem ser trilhados para chegar mais rápido às conversões.

E pensando em ajudar você a encontrar essas soluções, selecionamos abaixo 7 estratégias importantes que você deve conhecer e testar para levar suas campanhas de mailing ao sucesso. São soluções testadas por grandes profissionais e empresas e que, temos certeza, podem ajudar você a aumentar ainda mais sua base de leads.

Confira abaixo e boa leitura!

1. Conheça o poder das palavras nos testes A/B

Automação de Marketing para Campanha de Mailing

Testes A/B algumas vezes parecem que só apresentam resultados negativos. Contudo, se analisadas com cuidados, as respostas podem gerar insights valiosos para suas campanhas de mailing.

Sutis diferenças em palavras que compõem o CTA, por exemplo, podem surtir resultados interessantíssimos para aumentar sua base de leads.

Em um teste realizado por Michael Aagard, do unbounce.com, a palavra “Meu” foi substituída por “Seu” na frase “Comece agora o SEU período de testes” em um botão ao final da página. Essa pequena mudança gerou o incrível aumento de 24,9% nas taxas de respostas dos usuários.

Outra mudança significativa encontrada em testes A/B realizados por Aagard, foi a da mudança da palavra “Seu” pela palavra “Meu”, na frase Começar o MEU período de 30 dias livres, localizado em uma landing page, resultando em 90% mais cliques e, claro, enriquecendo a base de mailing.

Ainda seguindo com os testes, Michael Aagard resolveu adicionar um termo sobre política de privacidade na landing page de um dos seus clientes (com autorização, é claro!). Para a surpresa dele, o que poderia soar como uma solução adicional para gerar confiança, na verdade, trouxe efeito contrário. Aagard viu a taxa de conversões cair 18,70% com relação à mesma landing page sem a política de privacidade.

O grande motivo para que essa rejeição acontecesse, não foi a presença da política de privacidade em si, mas a frase que estava presente: “100% privacidade – nunca enviaremos spam para você!”.

A simples menção à palavra SPAM, mesmo que em sentido positivo, acabou afastando os cliques. Isso foi constatado quando o mesmo teste foi realizado com o termo sobre política de segurança onde a frase foi atualizada em “Garantimos 100% de privacidade. Suas informações nunca serão compartilhadas”, resultando em aumento de 19,47% nas conversões para a base de mailing.

Ou seja, para alcançar os leads que você deseja, é importante evitar termos negativos e, principalmente, dar à ele a sensação de escolha, como ocorre quando falamos que algo é SEU se você assim desejar. Portanto, redobre a atenção em cada termo utilizado principalmente nas taxas de conversão e, por meio de testes, tente percebem onde estão os erros.

2. Faça testes com botões

Os botões onde estão os CTA precisam repassar a sensação de que, o que virá depois do clique, é realmente confiável. Portanto, um bom começo pode ser o de garantir que o CTA seja curto, mas relevante.

Uma boa dica associada à chamada curta, é o de não se prender a apenas uma linha descritiva. Se necessário, inclua uma segunda linha de descrição que fique abaixo do botão para reforçar a confiança no clique.

Outro ponto valioso é o de que a cor do botão afetará diretamente a atenção do público. Ainda que muitas pessoas defendam a utilização de esquemas de cores neutras, é interessante realizar testes com cores vibrantes e contrastantes com o tema da landing page.

Em uma rotina apressada, onde pequenos detalhes podem prender a atenção das pessoas, a cor escolhida pode fazer muita diferença. Portanto, não se surpreenda caso a utilização da cor laranja no seu botão de CTA surtir melhores resultados do que a cor cinza.

3. Utilize chamadas simples para a ação

Em suas rotinas, as pessoas precisam tomar uma série de decisões importantes. Portanto, se você diminuir possíveis dificuldades para a tomada de uma decisão simples, como o clicar em um botão, o resultado pode ser surpreendente.

Em um experimento dentro de uma mercearia sofisticada, a estudante Sheena Iyengar, da Universidade Columbia, fez um teste com 6 geleias para serem degustadas em uma prateleira e 24 geleias em outra prateleira. Sem surpresas, a prateleira com apenas 6 geleias atraiu mais pessoas interessadas.

O grande aprendizado nesse teste foi o de facilitar as escolhas para os clientes, já que as pessoas querem muitas coisas ao mesmo tempo e, quando se deparam com menos opções, têm mais facilidade de chegar em sua decisão final.

Portanto, a nossa dica para você é o de dar preferência à um visual mais limpo e com botões mais específicos para o clique podem gerar melhores resultados. Faça os testes e siga com a melhor escolha!

4. Garanta que botões realmente pareçam botões

Parece óbvio, mas não é. Botões precisam ser botões para gerar o interesse no clique. Muitos analistas preferem recorrer às soluções criativas reinventando os formatos dos botões nas páginas, mas, o fato é de que isso não funciona.

Outro ponto interessante, como citamos anteriormente, está relacionado à cor do botão. Um botão cinza, por exemplo, traz a sensação de que está desativado, logo, o cérebro manda mensagens dizendo que aquele item deve ser ignorado.

De maneira geral, o botão deve deixar claro o CTA da página em meio aos demais elementos. E, para isso, você pode aplicar alguns truques que podem facilitar o clique, como:

  • Efeito em 3D no botão
  • Uma cor que não seja cinza e contraste com o fundo
  • Cores vibrantes
  • Espaço em branco ao redor do botão para aumentar o destaque
  • Uma seta com instruções apontando para o botão

A partir desses detalhes, você entenderá como a persona do seu negócio se comporta e quais serão as melhores escolhas para gerar campanhas eficientes de email marketing que, de fato, aumente sua base de mailing.

5. Pense no que os leads realmente querem

Você já deve ter visto muitas vezes a frase: “Registre-se para saber mais”. Pois bem, nem precisamos falar que ninguém quer ter o trabalho de se registrar para receber uma informação que pode não corresponder às suas expectativas.

Portanto, você deve pensar na importância em definir uma boa frase para realmente converter leads. Para isso, faça exercícios com frases de primeira pessoa seguindo o seguinte caminho: Eu quero _________________.

Pode ser “Eu quero ler esse e-book”, “Eu quero conhecer os segredos do marketing digital desse whitepaper” e assim vai.

Testes realizados indicam que essa mudança para a frase de CTA em primeira pessoa com uma afirmação positiva e imperativa, podem aumentar os cliques em até 90%!

6. Utilize gatilhos de cliques nas campanhas de mailing

Gatilhos de cliques devem reforçar a confiança no clique. São trabalhos valiosos de bons redatores e analistas, que valorizam ainda mais as possibilidades que os usuários têm de encontrar boas experiências com os materiais oferecidos em sua página.

De maneira geral, é interessante pensar nas seguintes alternativas como gatilhos de cliques:

  • O depoimento de um cliente real sobre o material
  • Utilização de dados
  • Classificação por estrelas
  • Mensagens de baixo preço
  • Garantias
  • Envios gratuitos
  • Mensagens ou ícones de segurança
  • Mensagens de privacidade
  • Mensagens de minimização de riscos

Recomendamos a utilização de apenas um gatilho por landing page ou email marketing, já que o uso de múltiplos gatilhos pode soar como algo de confiança duvidosa para o usuário.

Defina a melhor opção de acordo com o conteúdo proposto e não hesite em fazer testes para verificar o melhor resultado nas conversões e, assim, aumentar sua base de mailing.

7. Use as redes sociais de sua empresa por mais de 6 horas por semana

Seja com postagens, respostas aos comentários ou mudanças nas informações sobre sua empresa, movimente seu perfil nas redes sociais por, pelo menos, mais do que 6 horas por dia.

O Social Media Manager, um relatório sobre comportamentos nas redes sociais, mostrou que quando as empresas movimentam suas páginas por mais de 6 horas/semana, o aumento de leads pode chegar a 66%. Esse é um canal valioso para quem deseja trabalhar convertendo leads que estarão na base de mailing.

Como você sabe, esse canais geram maior aproximação com os seu público, portanto, compartilhe conteúdos relevantes e se mostre interessado a responder questões sobre o seu produto ou sobre assuntos relacionados.

Outro ponto importante é compartilhar postagens que utilizem o botão “Inscreva-se” oferecido pelo Facebook, especialmente quando você decidir compartilhar campanhas de conteúdos ricos em suas páginas. Essa é uma estratégia que muitas empresas têm praticado para gerar uma base importante de mailing.

Além disso, mantenha fixadas no topo de sua página, as postagens sobre conteúdos ricos, como e-books e whitepapers, que reforçarão o o interesse em novos visitantes de sua página.

Construir uma boa base de mailing, não é nada fácil. É preciso se ater aos detalhes e perceber o comportamento dos usuários. Por isso, para começar seu mailing, atente-se a essas dicas valiosas. Seguindo cada passo e fazendo os testes necessários, não temos dúvidas de que os melhores resultados chegarão até suas campanhas.

Mas, se você não entende como construir uma base de mailing e ainda ficou com dúvidas sobre esse assunto, aproveite o espaço abaixo para deixar seu comentário ou, se preferir, entre em contato conosco!

MATERIAL BÔNUS!!

Baixe agora o Ebook Guia definitivo da Automação de Marketing

Deixe uma resposta