Marketing e tecnologia: como essa combinação mudou o mercado

A tecnologia mudou tudo o que conhecemos. E um dos principais meios para essa mudança são as ações de marketing.

Indispensável para qualquer tipo de empresa, seja na atuação offline ou digital, o marketing encontrou na tecnologia diferenciais importantes que impactaram diretamente o mercado.

E essas mudanças não param. A cada dia surgem novas soluções que podem ser implementadas para atrair a atenção do consumidor, estreitar relacionamentos com parceiros, trazer novas abordagens nos canais de comunicação, entre outros.

Por isso, juntamos os principais desafios que a combinação entre tecnologia e marketing trazem ao mercado, as soluções que podem ser aplicadas e as tendências sobre as quais é fundamental ficar atento.

Confira!

Qual a importância do marketing para empresas modernas

O início dos anos 2.000 trouxe muitas novidades no mundo digital. Desde a popularização da internet até o mundo atual, muita coisa mudou.

Para se ter ideia, de acordo com o IBGE, em 2004, eram apenas 6 milhões de famílias com internet em casa. 10 anos depois, esse número pulou para 37 milhões. Ou seja, 6 vezes mais.

Logo, os hábitos de consumo começaram a mudar. O smartphone passou a ser acessório indispensável. São 230 milhões. A estimativa é que, ainda em 2019, sejam 420 milhões de aparelhos digitais em uso.

O marketing não poderia ficar para trás e se adaptou a esse novo mercado. O marketing digital foi um braço criado para atender toda essa demanda específica do público.

Estratégias como SEO, gerenciamento de redes sociais, investimento em anúncios digitais, e-mail marketing e tantas ferramentas específicas, se mostraram incríveis na segmentação, conversão e vendas. E o melhor: com mais resultados em menos tempo.  

Foi assim que o boom dos e-commerces ganhou espaço. Com faturamento esperado de R$ 79,9 milhões para 2019, esse mercado já se mostra muito vantajoso pela praticidade e velocidade de vendas que proporciona.

Com tantas mudanças positivas, não há dúvidas de que toda essa transformação digital tem se mostrado uma vantagem competitiva que impulsiona os negócios.

O que é transformação digital no marketing

Você já ouviu falar sobre isso, provavelmente vive essa realidade e precisa se aprofundar no ótimo retorno que esses recursos trazem.

A transformação digital tem como objetivo melhorar o desempenho por meio de estratégias mais ágeis e que podem ser otimizadas para melhorar os resultados.

Muita gente confunde essa nova era com o fato de criar um site ou a simples presença nas redes sociais. Fato é que apenas isso é muito pouco. É preciso criar estratégias em diferentes plataformas para encontrar, atrair, envolver e converter o público-alvo em novos clientes.

Sendo sucinto, uma estratégia de marketing digital poderia ser dessa maneira:

  • Criar conteúdos em blogs ou redes sociais para atrair a atenção das pessoas
  • Oferecer um contato mais próximo por meio de e-mail
  • Disparar novos conteúdos relacionados ao universo do seu produto ou serviço
  • E, por fim, levar esse usuário ao site para efetuar uma compra

É claro que essa é uma estratégia breve que precisa considerar o uso de ferramentas de disparo e análise.

Mas, de maneira geral, toda essa movimentação é muito mais econômica e ágil do que ações de marketing tradicional e traz vantagens indiscutíveis.

Quais as principais estratégias do marketing digital

O jeito de fazer marketing mudou. Mas que mudanças são essas? Quais são essas novas estratégias digitais? Pois bem, mesmo que não aprofunde o conhecimento, é importante ao menos saber como essas novidades funcionam.

As tecnologias aplicadas no marketing digital ajudam a criar e manter a relevância de uma marca, ajustando os produtos ou serviços às necessidades do consumidor, criando canais de atendimento, criando competitividade e reforçando o posicionamento.

Nesse contexto, temos 7 principais ferramentas que devem ser olhadas com atenção:

Big Data

A internet traz tecnologias fantásticas. E uma das principais está no fato de poder metrificar o comportamento do consumidor. E nessas análises, é possível entender as preferências do consumidor sobre consumo.

Informações sobre como as pessoas se comportam nas redes de sociais, o nível de relacionamento com as marcas, os locais que frequenta e como reagem às abordagens, oferecem insumos para ter mais assertividades nas abordagens a essas pessoas.

A principal tecnologia utilizada para a coleta desses dados é o Big Data. Com as ferramentas desse tipo de inteligência armazena grandes quantidade de dados que podem definir e corrigir estratégias, ajudando a mensurar se um determinado investimento financeiro e de esforços pode trazer o retorno desejado.

Business Intelligence

São ferramentas que trabalham para a coleta de informações que trazem insights sobre as tomadas de decisões em uma estratégia de marketing.

A partir da leitura dos dados reunidos com as ferramentas de BI, é possível antecipar decisões, tendências e entregar o que o consumidor deseja, no momento exato em que deseja.

Inbound Marketing

Vem ganhando cada vez mais espaço nos últimos anos. O Inbound Marketing trabalha com a criação de conteúdos que entregam ao público informações relevantes sobre o universo de produtos ou serviços relacionados à sua empresa.

A estratégia Inbound trabalha com o funil de conversão, ou seja, trabalha em etapas que oferecem soluções aos consumidores conforme o nível de interesse deles.

Essas etapas são:

  • Atração
  • Conversão
  • Relacionamento
  • Fechamento
  • Encantamento

Como vantagem, está o maior envolvimento dos clientes com as marcas, aumento de autoridade, cultivo de relacionamento e, principalmente, grande economia de recursos na comparação com investimento em mídia paga.

Saiba mais sobre essa estratégia em: Inbound Marketing: aprenda a usar essa estratégia em PMEs.

Marketing de Conteúdo

Esse é um dos pilares do Inbound Marketing. Como o próprio nome diz, o marketing de conteúdo disponibiliza textos em postagens de blog, redes sociais, vídeos, infográficos e outros formatos.

Dessa maneira, usuários são atraídos e passam a consumir informações de produtos ou serviços relacionados a uma marca ou empresa.

Vamos a um exemplo fácil: imagine que você administra um e-commerce de tênis esportivos. Ao invés de simplesmente vender os produtos, você cria valor contextualizado a eles. Dicas sobre “Qual o melhor tipo de tênis para meia-maratona”, por exemplo, terão a atenção de pessoas genuinamente dispostas a consumir esse tipo de produto.

Com relevância no conteúdo, as pessoas sentirão mais confiança em sua marca e estarão mais dispostas a efetuar uma compra.

Automação

Essa é uma das mágicas que a tecnologia proporciona. No marketing, a automação otimiza processos e acelera resultados. E isso vai desde o relacionamento, até o pós-venda.

Com processos automatizados é possível, por exemplo, disparar milhares de e-mails segmentados de acordo com o grau de interesse do consumidor em seu produto ou serviço.

Além de maior produtividade, a automação possibilita uma análise mais criteriosa a partir dos dados que gera. É assim que melhores campanhas são criadas, novos produtos são desenvolvidos e abordagens são mais assertivas.

Essas, claro, são apenas algumas das tecnologias presentes no marketing digital. Existem muitas outras que se enquadram exatamente nas necessidades de sua empresa. Portanto, vale a pena estudar ainda mais a fundo essa combinação entre marketing e tecnologia.

E então, entendeu como essa nova era mudou e está mudando o mercado constantemente? Que tal se aprofundar mais um pouco? Clique aqui e saiba como escolher as ferramentas certas para o marketing digital!

Deixe uma resposta