Mídia OOH – O que é e como planejar anúncios

Como a tradução literal diz, as mídias Out of Home são aquelas que encontramos fora de casa, geralmente em locais públicos com grande população. Esse tipo de mídia prova o quanto o marketing tradicional ainda é importante.

Embora erroneamente avaliadas por algumas pessoas como um meio antigo, esse tipo de mídia constantemente é alvo de reavaliações criativas.

Um bom exemplo disso é a variação tecnológica da Mídia Out of Home: a Mídia Digital Out of Home, ou Mídia DOOH. Nesse tipo de formato, a tecnologia entra em ação com painéis digitais e que possibilitam até mesmo a interação com os anúncios.

Cada vez mais atrativos, as mídias DOOH caíram na preferência do público. Não é a toa que, segundo pesquisa da Global Digital Out of Home Market, esse mercado deve alcançar mais de U$ 5 bilhões até 2022.

Além de destacarem ainda mais os anúncios em espaços públicos, as mídias DOOH têm aproveitado muito bem a integração com plataformas digitais, como redes sociais, o que tem criado experiências completamente novas para envolver o público e converter vendas.

Vale a pena investir em mídia OOH?

Sim. Vale muito a pena. Além de modernizar a marca e levar interação ao público, as mídias Out of Home trazem muitos outros benefícios importantes para o negócio. Veja alguns dos principais:

Retorno Sobre Investimento

Esse tipo de mídia alcança maior retorno do que mídias tradicionais. Segundo a revista Forbes, cada dólar investido em mídia Out of Home traz cerca de U$ 6 em receita. Ou seja, um ROI (Retorno Sobre Investimento) excelente.

Alcance em massa

São nas médias e grandes cidades que estão os públicos com hábitos mais frequentes de consumos. Com o transitar do dia a dia em espaços públicos, como parques e estações de transportes urbanos, utilizar mídias OOH acaba sendo uma estratégia muito importante para aumentar o alcance de uma marca.

Segmentação

Em meio a milhões de pessoas, como saber que uma mensagem será entregue no momento certo para as pessoas certas? Afinal, a segmentação é um dos principais segredos do marketing.

Pois as mídias DOOH resolvem isso facilmente por meio de automação. É possível criar variações de anúncios considerando a hora, o dia da semana, a localização e o perfil de público que transita em diferentes momentos de um mesmo local. Como, por exemplo, direcionar mensagens a estudantes em painéis próximos à escolas nos horários de entrada e saída das aulas.

Quais os formatos de mídias Out of Home

Demos exemplos de mídia digital Out of Home com o uso de painéis digitais públicos, mas existem muitas outras formas que valem a pena considerar dependo do objetivo de negócio. Entre os formatos OOH e DOOH, temos:

Formatos Tradicionais

Outdoor: sim, o tradicional outdoor é um formato de OOH para leitura rápida. Por isso deve ter um texto curto com Call to Action e imagem atrativa. É um formato muito popular em beiras de estradas e rodovias.

Pôsteres: são impressos facilmente em diferentes tamanhos, como A3 ou maiores. Podem ser aplicados desde postes às fachadas de comércios.

Backlight: são iluminados internamente, criando um efeito que facilita a visualização noturna. Estão, geralmente, em fachadas de comércios.

Frontlight: com formato semelhante ao backlight, conta com iluminação externa, na frente do painel. Vemos bons exemplos em pontos de ônibus e praças.

Busdoor: os tradicionais anúncios nos vidros traseiros de ônibus, que podem ser tão diretas quanto criativas.

Formatos de mídias DOOH

Já os formatos de mídias digitais englobam opções digitais com telas que podem ser interativas ou não. Entre os exemplos, estão:

Projeção: é utilizada para criar efeitos visuais em grandes espaços verticais, como as fachadas dos prédios. São interessantes por serem sustentáveis e ampliar o alcance de pessoas.

Painéis digitais: é tipo de formato digital mais comum. Estão em espaços geralmente encontrados em espaços como estações de metrô, pontos de ônibus, estações de ônibus e outros locais com grande movimentação de público. Podem exibir filmes curtos ou formatos similares. São também conhecidas como mídia cativa.

Painéis interativos: são utilizados em monitores de alta definição que possuem acesso à internet. Com isso, possibilitam interações que vão desde anúncios em realidade aumentada até a gamificação.

TV: sim, as TVs que você frequente vê em elevadores, são um tipo de mídia DOOH. São ótimas para entreter o público e garantem a entrega da informação com alta possibilidade de segmentação.

Como mensurar os resultados de mídia OOH e DOOH

Seja qual for o formato de mídia que você escolher para suas estratégias de marketing, mensurar os resultados é fundamental para realizar as correções necessárias e otimizar os esforços de acordo com as melhores estratégias. Vamos aos principais acompanhamentos:

Alcance

Dados estatísticos sobre demografia são muito importantes para qualquer tipo de planejamento. Portanto, antes de instalar a mídia OOH ou DOOH, é importante lançar mão de informações sobre o perfil de público em uma determinada região de atuação. Considere pontos importantes, como:

  • Faixa etária;
  • Sexo;
  • Principal nível de escolaridade;
  • Hábitos de consumo;
  • Principais horários de movimentação;
  • Tipos de transportes locais;
  • Possível rede wi-fi.

As ferramentas tecnológicas são importantes para mensurar os resultados nesse tipo de mídia. Opções como o Wi-Fi Tracker, que é uma ferramenta que identifica a conexão de aparelhos via wi-fi é uma ótima maneira de identificar o tempo de permanência do público em uma determinada região.

Engajamento em redes sociais

Atrelar anúncios a postagens em redes sociais com impulsionamento via geolocalização é uma ótima maneira de perceber os resultados.

Isso pode ser feito a partir de um bom planejamento de mídia com segmentação por região, ou seja, anúncios que se complementarão aparecendo nos celulares de pessoas e na mídia DOOH.

Conversões

Esse é um tipo de análise que sempre funcionará para qualquer mídia. E é sempre muito importante para objetivo de vendas.

As conversões em mídia DOOH podem ser feitas como no uso de painéis interativos, como telas touch que podem ser utilizadas para o registro de dados, ou voucher cedidos virtualmente que podem ser trocados em lojas físicas e assim vai. Vale a pena testar!

Como criar anúncios Out of Home e Digital Out of Home

O formato é sempre muito interessante para alcançar o público de massa. Mas, é preciso ter muito cuidado para que os resultados sejam realmente como o desejado. Aqui vão algumas dicas para começar:

  1. Defina o melhor formato digital que melhor se associe ao objeto do anúncio
  2. Use fontes de fácil leitura
  3. Atraia com imagens criativas
  4. Use Call to Actions. Ex: “Você precisa ver isso!”
  5. Alinhe tecnologias de geolocalização e automação

Investir em mídia Out of Home (OOH) e Digital Out of Home (DOOH) sempre vale a pena. Por isso, não pense duas vezes e coloque seu plano em ação!

Quer mergulhar ainda mais em boas soluções modernas para seu planejamento de comunicação e anúncios? Confira agora mesmo o post Marketing e Tecnologia: como essa combinação mudou o mercado!

Deixe uma resposta